fotos

vídeos

Artigos e dicas

  • STACK E REACH

     

    Você já deve ter percebido que as formas dos quadros variam muito, até para um mesmo fabricante. Por isso, comparar a geometria dos quadros de modo eficaz torna-se bastante difícil.

     

    Para tentar resolver esse problema, foram criados os conceitos de stack (estaca ou altura) e reach (alcance). Estas medidas são as mais importantes na geometria dos quadros no que se refere ao seu impacto no alinhamento corporal do ciclista. Tais informações já estão largamente difundidas na indústria do ciclismo mundial de ponta e grande parte dos fabricantes já as disponibiliza para seus diferentes modelos de bike.

     

    A medida do reach é o alcance do quadro, definida por uma linha horizontal imaginária que parte do eixo do movimento central, até cruzar com outra linha vertical imaginária que intercepta o eixo da parte superior do head tube (sem contar a tampa da caixa de direção). Já o stack é a altura do quadro, definida por uma linha vertical imaginária que sobe a partir do eixo do movimento central e intercepta outra horizontal, também imaginária, que parte do eixo da parte superior do head tube (sem contar a tampa da caixa de direção).

     

     

    Figura 1 – Representação das medidas de stack e reach.

     

    Essas duas medidas vão interferir diretamente no posicionamento do ciclista em sua bike, especialmente para tronco; incluindo colunas lombar, torácica e cervical; e membros superiores.

     

    Em grande parte, escolher uma bike apropriadamente envolve analisar com critério essas medidas para cada um dos modelos nos quais o ciclista está interessado. De modo geral, para indivíduos mais flexíveis e com troncos grandes, bikes com maior reach e menor stack podem ser mais apropriadas. Já para pessoas com troncos mais curtos, as de menor reach talvez sejam uma boa opção.

     

    Mas, independente dessa relação teórica, o ideal ao se escolher um modelo específico de bike é simular o impacto da geometria no alinhamento corporal do ciclista. Isso pode ser feito a partir do simulador de quadros EXIT FIT BIKE. Nele, as medidas de stack e reach dos modelos pretendidos são aplicadas e a configuração original da bike é alcançada. Dessa maneira, além de definir qual será a melhor opção a ser escolhida para compra, o ciclista pode ter a sensação real do comportamento da bike ao pedalá-la.

     

     

     

Av. Bandeirantes, 441 - Sion | Belo Horizonte | MG | +55 (31) 2555-9999